Panamericano 2015 Espada Masculina

panamericano

Na mesma poule que o Limardo, medalhista olímpico, e na poule mais difícil, Athos ganhou somente dois combates. Já Nicolas ganhou somente um, mas se classificou pelo saldo.

Nas eliminatórias, Athos se recuperou, e ganhou do cubano Henrique por 14 x 13, e permaneceu vivo, mas perdeu nas quartas para o argentino Domingues, que acabou vice de Limardo.

Nicolas não teve a mesma sorte, perdendo para o americano Pryor, dos EUA, por 15 x 12, em um grande combate.

Parabéns, e boa sorte na competição por equipes.